HELLGATES ENTREVISTA BANDA GSTRUDS


HELLGATES ENTREVSITA LUIZ DA GSTRUDS
Quando as terras do nordeste começam a tremer com uma fúria mortal, devastação começam a acontecer, borboletas canibais sobrevoam a cabeças de suas vitimas e de um ovo surgi um pinto anticristo, é que esta a solta para levar a vingança do seu Madruga a tona a Veia Gertrudes ou melhor dizendo a Banda Gstruds.


HG: 1. Nesta breve entrevista iremos interrogar Luiz Lemos o vocalista desta banda bem humorada. Bem vindo HellGates grande Luiz, indo direto ao assunto conte-nos um pouco sobre a banda Gstruds e como surgiu esta idéia de levar, como vocês mesmo rotularam, este brutal comic metal?

Luiz- Bom , em primeiro lugar quero agradecer a oportunidade dessa entrevista pro meu grande amigo Douglas da hellgates que a cada dia que passa se torna uma grande força em favor do underground nacional. Sobre a banda foi fundada há 15 anos atrás com a idéia de fazer um thrash metal oitentista pra relembrar nossas bandas prediletas como Kreator, Slayer entre outras, então num ensaio que fui convidado para assistir a banda ainda estava sem vocalista e de cara me convidaram a banda já tinha uma filosofia de som pesado e letras sarcásticas vão o exemplo da Vingança do Seu Madruga que já existia, nessa linha me fluiu mais ainda a imaginação e foi surgindo outros rits conhecidos como: Satan obreiro da universal, ataque das borboletas canibais entre outras logicamente sem perder o peso feroz do thrash e com pitadas de Death metal do meu vocal e vai por ai ate hoje.

HG: 2. Vejo que na parte instrumental vocês tem umas boas influencia do thrash metal, tem musicas que não tem como ficar parados e com certeza dão belas mosh, como esta sendo a aceitação de vocês pelos os bangers nestes show da vida que vocês fazem e ate mesmo a distribuição da demos de vocês ?

Luiz- Cara desde que começamos ate hoje, somos muito bem recebidos no palco, nossas demos já esgotaram por diversas vezes, tipo essa que saiu em 2005 (BRUTAL COMIC METAL) já tive que fazer mais varias vezes, nossas musicas são ao vivo cantadas por quase todo mundo e é isso que nos dar força pra ainda subir ao palco apesar das dificuldades que ainda existem.

HG: 3. A Gstruds sempre levou este thrash oitentista? Vocês alguma vez já pensaram em mudar o estilo da banda, tanto letras ou a parte instrmuental?

Luiz- Na verdade nosso som era puro thrash e no decorrer dos anos, com influencias principalmente minhas o som da Gs hoje tem uma pitada forte de Death Metal, isso eh visível nas musicas novas, e principalmente ao vivo.

HG: 4. Com esta febre atual dos meninos da Violator, vocês já sentiram prejudicados alguma vez,Tipo no meio do show alguém falar rola uns Violas ai, ou nos show nunca rolou estes tipo de coisa, nos falem um pouco desta geração nova que esta surgindo a cada dia.

Luiz- Na verdade não, sempre pedem pra nos tocarmos os clássicos mesmo como Slayer, Kreator e nossas musicas, acho que por sempre sermos uma banda autoral que dificilmente tocava covers entre suas musicas, e como você disse sobre a “febre” já passamos por outras e aqui estamos nos sem nos afetar por modas efêmeras.

HG: 5. Alguém da Gstruds tem projeto paralelo?e quais são? E quando podemos esta ai com a expectativas do novo material da Gstruds?

Luiz- Bom tem sim, o batera Marcelo toca em duas bandas, a SCATOLOGIC MADNESS POSSESSION banda muito conhecida na cena grind nacional e na AC/DC cover, já o baixista o Carlos toca em varias alem da Gs, a WARBIFF banda thrash old school muito conhecida tambem daqui, GRIEFIGIVER banda de Death daqui e FIRELINE banda de heavy metal tradicional, banda pra carai nhe hehe e fechando o nosso mais novo integrante o segundo guitarra Daniel que toca também na WARBIFF. Com relação a novo material, logo, logo esta saindo demo nova, estamos ensaiando muito agora, bifao novo guitar esta pegando as musicas novas para entrarmos em estúdio o mais rápido possível, pois já demoramos de mais para soltar material inédito e nem eu agüento mais as musicas antigas podem esperar ela vem super caprichada. hehe..

HG: 6. A Gstruds tem previsões de shows fora do Ceará? Como esta a divulgação do trabalho da banda, vocês tem alguma ajuda ou estão por conta própria? O que você acha que deveria ser feito pra rolar mais oportunidades para as bandas divulgarem melhor os seus trabalhos?

Luiz- Estamos esperando sair a demo nova pra pensar em tocar novamente em outros estados e a ajuda que temos são de grandes amigos como você ,que alem de curtir nos divulga no Hell Gates, outro grande amigo é o Gino que realiza ótimos eventos aqui em Fortaleza pela Gino Productions entre outros amigos que conhecemos de muito tempo e ainda curtem nosso trabalho e são esses que nos dão força para não desistimos pois as coisas não são fáceis mesmo com toda tecnologia e ajuda da internet, mais ainda estamos por nos mesmo. E o que deveria ser feito, seria surgir mais união entre os cenários de outros estados, um certo intercambio, para divulgação mutua de varias bandas, acho que so a união fortaleceria mais ainda o underground nacional e quem sabe todos unidos poderíamos lançar uma cooperativa de bandas para em cada semestre uma banda sorteada lançar seu cd debut, é só uma idéia, mais quem sabe algum dia.

HG: Finalizações infernais: Agradeço muito meu amigo Luiz por esta oportunidade, torço sempre pela Gstruds,as portas da Hellgates sempre estará abertas para vocês. Faça suas considerações finas e agradecimentos à vontade.

Luiz- meu fi eu que agradeço novamente, você é nosso irmão e sabe disso, grande abraço para você e long live to Hell Gates, abraço forte aos seus usuários, aos nossos amigos da Tia maldita e brutal na veia sempre, aguardem nova demo is coming... hehe

MYSPACE: http://www.myspace.com/gstrudsbanda

0 comentários:

Postar um comentário